Data: 09/03/2015 07:35:53 - Visualizações: 1518 Imprimir

CAMPEONATO GOIANO. Goiás vence nos minutos finais o classico contra o Atlético

Em jogo muito equilibrado, o Goiás acabou sendo mais eficiente e venceu o clássico diante do Atlético Goianiense, pelo placar de 1 a 0, no Estádio Serra Dourada. O gol do jogo foi do atacante Bruno Henrique, aos 33 minutos da segunda etapa, após grande jogada de Ruan, um dos melhores jogadores esmeraldinos na partida.

Foto da notícia

O resultado deixou os comandados de Wagner Lopes na 3ª colocação do Grupo B com 15 pontos, enquanto que o Atlético ficou na 3ª colocação do Grupo A com nove pontos. O próximo compromisso esmeraldino será, na quinta-feira (12), às 19h30, no Estádio Jonas Duarte, contra o Grêmio Anápolis. Já o Dragão, terá pela frente o Goianésia, do artilheiro Nonato, na próxima quarta-feira (11), às 22h, no Estádio Serra Dourada.

O JOGO

O clássico em sua primeira etapa foi bastante equilibrado. No início, o Atlético começou melhor e foi pra cima do Goiás, que parecia perdido. Usando os lados do campo com a rapidez de Rafinha e Murilo, o Dragão quase chegou ao primeiro gol aos 7 minutos, em cruzamento do atacante rubro-negro que Yago acabou chutando desviado sem direção.

O Verdão, que estava perdido em campo, aos poucos foi entrando na partida e apostou muito nos contra-ataques, puxados por Ruan pela direita, um dos melhores da equipe na primeira etapa. Na sua primeira tentativa, aos 14 minutos, o atacante esmeraldino fez um carnaval na lateral esquerda e chutou para a defesa de Márcio. Outro que esteve bem foi Jonathan Bocão. O jogador esteve mais a vontade no clássico, fazendo boas jogadas de apoio e dando problema para Mateus Muller. Com o jogo equilibrado, as chances eram de ambos os lados e enquanto o Goiás chegava, o rubro-negro contragolpeava, com tentativas perdidas pelos dois times.

A grande chance do jogo na primeira etapa foi atleticana. Com a igualdade prevalecendo em campo, as equipes tiveram que partir para as jogadas individuais, e foi de uma delas no final da partida, que Rafinha encontrou Pedro Bambu livre e o volante desferiu uma bomba para a grande defesa de Renan. Ao final da primeira etapa, prevaleceu o equilíbrio e o empate sem gols entre Goiás e Atlético.

SEGUNDO TEMPO

Diferente da primeira etapa, onde iniciou estudando o Atlético, o Goiás voltou melhor e foi pra cima do Dragão, pressionando o rubro-negro em seu campo, criando a primeira grande chance aos quatro minutos com Ruan que fez boa jogada pela direita e acabou chutando pra fora. O rubro-negro estava mais retraído e chegou em uma oportunidade pela esquerda em cruzamento de Mateus Muller que Thiago Primão acabou chutando a bola pra fora. Por mais que estivesse com o domínio das ações, o Goiás não conseguia traduzir a superioridade em gols, pecando sempre no último toque.

Só a partir dos vinte minutos, o jogo passou a ganhar em emoção, com chances perdidas pelo Verdão aos 23 minutos, em cruzamento de Bocão no qual Érik cabeceou pra fora e aos 29 minutos em cobrança de escanteio de Felipe Menezes que Juliano testou pra fora. O gol esmeraldino era questão de tempo. E ele estava amadurecendo, já que aos 32 minutos, em grande jogada de Érik que encontrou Ruan livre que chutou em duas oportunidades para duas grandes defesas do goleiro Márcio.

E, na insistência, o Goiás chegou ao seu gol aos 33 minutos, quando Ruan, em grande jogada, cruzou para Bruno Henrique cabecear para o fundo do gol e tirar o zero do placar. O Dragão tentou empatar logo em seguida em cobrança de falta do goleiro Márcio, mas a bola foi por cima. A equipe rubro-negra tentou pressionar no final, mas prevaleceu a eficiência esmeraldina que garantiu o placar de 1 a 0 em mais um clássico pelo Campeonato Goiano 2015.

Fonte: DM.COM.BR Foto: Iris Roberto

Veja Também

PORTAL MOURANET 2015 - Todos os direitos reservados