Data: 19/03/2015 06:37:29 - Visualizações: 1401 Imprimir

COPA DO BRASIL. Chapecoense vence o Interporto por 5 a 2 e elimina a volta pela Copa do Brasil

A Chapecoense fez o dever na noite desta quarta-feira e garantiu a classificação antecipada para a segunda fase da Copa do Brasil. No estádio General Sampaio, em Porto Nacional (TO), a equipe do oeste catarinense não teve dificuldade para despachar o Interporto, na estreia de ambos os times no torneio nacional desta temporada. Com gols de Hyoran (dois) e Bruno Rangel (três), o grupo do técnico Vinícius Eutrópio bateu o adversário por 5 a 2. Patrick (duas vezes) descontou para o mandante.

Foto da notícia

Com o resultado, o Verdão do Oeste eliminou o jogo de volta e agora aguarda o próximo adversário, que vai sair do confronto entre Cene (MS) e Sport. O primeiro jogo entre os dois times vai ocorrer no dia 1º de abril. Neste fim de semana, a Chape tem confronto pelo Catarinense, onde enfrenta o Metropolitano na Arena Condá, no domingo, às 16h. Pelo Tocantinense, o Interporto recebe em casa o Araguaína, às 16h deste sábado.

Os donos da casa até ofereceram alguma resistência no início do primeiro tempo. Com um esquema mais retrancado, a equipe de Tocantins se defendeu e conseguiu anular as jogadas do Verdão nos primeiros minutos. Contou também com a falta de entrosamento do time misto colocado em campo por Eutrópio.

Mas a defesa do Interporto não aguentou muito tempo. Aos 26 minutos, em boa jogada pela direita, Bruno Rangel alçou a bola na área, e Hyoran marcou um golaço, de bicicleta. Mal deu tempo de assimilar o gol. Em seguida, Rangel recebeu na grande área e tocou a bola por baixo do goleiro Carlão. O mandante saiu para descontar, o duelo ficou aberto, e Hyoran marcou o terceiro aos 38. Dois minutos depois, a defesa vacilou na saída de bola, e Rangel fez 4 a 0. 

O ritmo de jogo caiu bastante depois do intervalo. Com a vantagem no placar, a Chapecoense passou a administrar o embate e aguardou o rival. Com pouca qualidade técnica, o Tigre de Tocantins encontrou dificuldade para armar jogadas de ataque. De forma natural, Rangel fez o quinto aos 23 da etapa complementar. O camisa 9 driblou o zagueiro Alberto, passou pelo goleiro Carlão e mandou para o fundo das redes. 

Para alegria da torcida local, o time da casa diminuiu no final do confronto. Patrick marcou dois gols - ambos de cabeça. Aos 36 e aos 44, o atacante do Interporto acertou a meta, e os torcedores comemoram os tentos, apesar da derrota. Final de 5 a 2 para a Chape.

Fonte: GLOBOESPORTE.GLOBO.COM TO Foto: Cleberson Silva/Chapecoense

Veja Também

PORTAL MOURANET 2015 - Todos os direitos reservados