Data: 08/04/2015 05:39:40 - Visualizações: 1872 Imprimir

TOCANTINENSE. TEC em partida vergonhosa cede empate para o Guarai

O Tocantinópolis Esporte Clube fez na noite de terça (07) a partida contra o Guarai no Estádio Ribeirão, válida pela sétima rodada do tocantinense 2015. A campanha vem sendo claramente demonstrada pelos números como uma das piores do time alveverde do norte do Estado.

Foto da notícia

Apesar da péssima campanha, a torcida do Tocantinópolis é apaixonada e compareceu, mesmo que em número pequeno, no Estádio Ribeirão, para ver uma partida de futebol totalmente fora dos padrões que a historia mostra sobre os times que são formados pelo TEC.

A partida

No primeiro tempo foram duas as bolas direcionadas ao gol do Guarai, que não muito diferente do TEC, não tinha uma formato ou esquema de jogo capaz de fazer entender. Não existiram jogadas que a crônica esportiva pudesse determinar ou afirmar que retratassem uma partida válida de uma competição do nível que é o futebol profissional.

Eram chutões sem qualquer direção. O torcedor começou a protestar ainda no primeiro tempo, quando não conseguia ver um TEC capaz de mostrar um volume de jogo suficiente para vencer a partida. Salvo raras exceções, o individualismos de dois ou três atletas, que por conta própria criavam uma jogada ou outra, mas sem qualquer objetivo.

E a tônica do primeiro tempo foi essa, times sem qualquer pretensão e o resultado da etapa inicial não poderia ser outro, senão de  0X0.

Segundo tempo

Não diferente do primeiro tempo, já nos primeiros minutos da etapa complementar se via a repetição de uma partida feia para se assistir, e com um agravante, se notava a falta de preparo físico dos jogadores, cansados e, como desde o inicio do jogo, as jogadas surgiam graças ao individualismo de dois ou três atletas.

A falta de criação inviabilizava a chegada da bola ao centroavante do time, que chegou a ser criticado pelos torcedores, muito embora essa  falta de criação, por óbvio, não permite que o time chegue ao ataque.

E foi justamente numa jogada dessas, onde o chutão pros lados do gol foi a tônica, externando até mesmo o desespero, que aos 16 minutos, Pedro Panca abriu o placar para o TEC. A jogada foi no mínimo estranha, pois no chute, a trajetória da bola seria para a linha de fundos, todavia existia um jogador do TEC no meio do caminho, a bola resvalou no atleta e foi para os fundos das redes.

Mas o TEC não mudou nada, a não ser pelo cansaço, que pode ser atribuido ao curto espaço de tempo entre uma partida e outra, porém caiu de produção, jogadores caiam no gramado, a partida era interrompida. O goleiro do TEC por três vezes foi responsável pela parada do jogo, com isso o Guarai cresceu um pouco.

Em decorrência dos excessos de paralizações ocorridos, o juiz da partida acresceu vários minutos e foi justamente nos acréscimos que ao cobrar uma falta na entrada da área, no tempo além do regulamentar, que o Guarai conseguiu o empate.

TREINADOR

Neto Costa já treinou o TEC por inúmeras temporadas, mas a de 2015, em seu curriculum não é uma das melhores. Por bem menos outros treinadores ja caíram no Estadual tocantinense. No decorrer desta semana a Diretoria deverá se pronunciar sobre a situação do treinador, bem como outras contratações.

De oito equipes que disputa a competição, o TEC hoje ocupa a sexta coloção.

A próxima partida será contra o Interpoto, dia 11, no Ribeirão, em Tocantinópolis.

Fonte: Redação Portal MOURANET Foto: Giovani Moura/MOURANET

Veja Também

PORTAL MOURANET 2015 - Todos os direitos reservados