Data: 17/04/2015 16:38:29 - Visualizações: 1709 Imprimir

ARAGUAINA. Justiça condena policial que furtava peças de veículos apreendidos pelo 2º Batalhão da PM para depois revendê-las no mercado negro

Um policial militar de Araguaína foi condenado pela Justiça por ato de improbidade administrativa. De acordo com o Ministério Público Estadual (MPE), Darlan Gomes Macedo subtraía peças de veículos apreendidos pela PM do pátio do 2º Batalhão e, depois, as revendia.

Foto da notícia

Alvo de uma Ação Civil Pública (ACP), Darlan foi demitido, teve os direitos políticos suspensos por cinco anos e terá que pagar multar no valor de cinco remunerações mensais. 

“Ações como esta têm o objetivo principal de proteger o erário, bem como de aplicar os reais princípios da administração pública, dentre eles, o da moralidade”, explicou o promotor de justiça Alzemiro Wilson Peres Freitas, titular da Promotoria de Patrimônio Público. 

A juíza do caso, Milena de Carvalho Henrique, destacou, na sentença, a gravidade do ato do policial, que negociava as peças com terceiros.

“Considerando sua condição de policial militar, a quem se atribui o dever de proteção dos cidadãos, a conduta praticada mostra-se desgarrada dos padrões de dever da instituição pública da Polícia Militar”, afirmou a magistrada.

Fonte: REDETO Foto: Reprodução REDETO

Veja Também

PORTAL MOURANET 2015 - Todos os direitos reservados