Data: 07/05/2015 13:10:16 - Visualizações: 2251 Imprimir

BRASIL. Tentativas de fraude contra o consumidor batem recorde em março

As tentativas de fraude contra o consumidor bateram a marca de 183.111 ocorrências em março, número recorde para o mês desde que o indicador foi criado, em 2010, segundo a empresa de consultoria Serasa Experian. Essas fraudes são conhecidas como roubo de identidade, em que os dados pessoais são usados por criminosos para firmar negócios ou obter crédito.

Foto da notícia

Em relação a março de 2014, as tentativas registraram aumento de 17,8%. Em março, a telefonia respondeu por 76.582 registros, totalizando 41,8% do total de tentativas de fraude, aumento em relação aos 38,1% registrados pelo setor no mesmo mês de 2014.

O setor de serviços, que inclui construtoras, imobiliárias, seguradoras e serviços em geral, teve 50.366 registros, equivalente a 27,5% do total. No mesmo período no ano passado, esse setor respondeu por 32% das ocorrências.

O setor bancário foi o terceiro do ranking, com 40.092 tentativas, 21,9% do total. No mesmo mês de 2014, o setor respondeu por 19,8% dos casos. O segmento varejo teve 13.239 tentativas de fraude, registrando 7,2% das investidas contra o consumidor.

Para evitar ter os dados pessoais roubados, o consumidor deve ter hábitos como rasgar notas, recibos ou outros documentos que tenham o seu CPF antes de jogar no lixo, além de prestar atenção quando utilizar o cartão de crédito para não ter seus dados roubados.

Economistas da Serasa também acreditam que a popularização da internet está entre os fatores que contribuíram para o aumento no número de tentativas de fraudes. Cadastramento em sites de e-commerce não idôneos, promoções e campanhas falsas em redes sociais são as principais forma de atrair as vítimas.

Fonte: Diário de Pernambuco Foto: Divulgação

Veja Também

PORTAL MOURANET 2015 - Todos os direitos reservados