Data: 24/01/2017 18:16:26 - Visualizações: 1502 Imprimir

EDUCAÇÃO. MEC divulga esclarecimentos sobre problemas no Sisu

O Ministério da Educação (MEC) publicou, nesta terça-feira (24), uma nota oficial com esclarecimentos sobre o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) 1º/2017. A nota menciona os problemas enfrentados por alguns candidatos ao acessar o sistema, que encontram a mensagem de “inscrição inválida”.

“Dificuldades de acesso relatadas por alguns candidatos que prestaram o Enem em qualquer uma das aplicações estão sendo sanadas”, diz a nota. A pasta menciona, também, que cerca de 700 candidatos estavam registrados como tendo participado das duas aplicações do exame, o que já foi corrigido.

Foto da notícia

Além disso, a nota esclarece que o sistema está aberto apenas para os candidatos que já concluíram o ensino médio, prestaram o Enem 2016 e obtiveram nota maior que zero na redação. Os treineiros não têm acesso ao sistema. “Dos 6.067.152 que fizeram as provas, 880.962 tinham como único objetivo a autoavaliação (os chamados treineiros) e 140.294 receberam nota zero na redação. Esses participantes não estão incluídos na base de dados do Sisu.”

Leia a nota na íntegra:

A partir desta terça-feira, 24, estão abertas as inscrições ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu), ferramenta do MEC por meio da qual as instituições públicas de educação superior oferecem vagas a estudantes com base nas notas obtidas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O prazo para que os interessados se inscrevam vai até 23h59 desta sexta-feira, 27.

A respeito do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), o Ministério da Educação informa:

1. Os candidatos podem se inscrever a qualquer momento do período entre o dia 24 e as 23h59 do dia 27;
2. O único critério para a aprovação é a nota do Enem;
3. Até as 13h desta terça, 24, o sistema recebeu 773.341 inscritos e 1.483.554 inscrições. Vale lembrar que cada candidato pode escolher até duas opções de curso;
4. De acordo com o edital do Sisu, o sistema de seleção é acessível aos candidatos que concluíram o ensino médio e prestaram o Enem, tendo obtido nota maior que zero na redação. Dos 6.067.152 que fizeram as provas, 880.962 tinham como único objetivo a autoavaliação (os chamados treineiros) e 140.294 receberam nota zero na redação. Esses participantes não estão incluídos na base de dados do Sisu;
5. Foram identificados cerca de 700 candidatos cujas notas na base de dados do Enem registravam participação na primeira e também na segunda aplicação do exame. Essas inconsistências já foram corrigidas;
6. Dificuldades de acesso relatadas por alguns candidatos que prestaram o Enem em qualquer uma das aplicações estão sendo sanadas;
7. Foram registradas nesta terça-feira, 17, até as 14 horas, pelo menos 100 mil mudanças de senha na base do Inep, o que impede o acesso ao Sisu temporariamente.
8. O MEC, juntamente com o Inep, continua trabalhando para identificar qualquer outra inconsistência e resolvê-la com a máxima brevidade, assegurando que não haverá prejuízo a nenhum candidato;
9. Os canais de acesso do MEC e do Inep estão prontos para receber qualquer comunicação relativa ao Sisu por meio do número 0800 616161 ou pela ouvidoria do MEC.

Sisu

As inscrições para o Sisu foram abertas às 00h desta terça-feira (24). Para concorrer, é necessário ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2016 e não ter tirado zero na redação. Notas de outras edições do Enem não serão aceitas. O número de vagas aumentou: são mais 238 mil, em relação a 205,5 mil no ano anterior. Além disso, cinco instituições públicas aderiram ao sistema: de 128, passou a 131 em 2016.

Fonte: abril.com.br Foto: Reprodução abril.com.br

Veja Também

PORTAL MOURANET 2015 - Todos os direitos reservados