Data: 15/05/2017 13:05:24 - Visualizações: 117 Imprimir

ESTADO. Aprovados do Socioeducativo realizam apitaço nesta 3ª para cobrar posse do Estado

Os candidatos cobram homologação e posse do concurso; candidatos aprovados ressaltam a insatisfação com a demora do concurso que iniciou ainda em 2014

Foto da notícia

Sem data definida pelo Governo do Estado, aprovados do Concurso da Defesa Social para o provimento do de cargos ao Sistema Socioeducativo do Tocantins realizam nesta terça-feira, 16, um apitaço com faixas, cartazes e carro de som em frente a Secretaria de Cidadania e Justiça (Seciju), na Praça dos Girassóis, em Palmas, a partir das 12h30. Ainda na ocasião os aprovados usarão nariz de palhaço e seguirão para a Casa Civil e a Assembleia Legislativa. Na sexta-feira, 12, o governo nomeou 248 candidatos aprovados no concurso da Polícia Civil que começam a tomar posse no próximo dia 5 de junho.

 

Sobre os aprovados ao Socioeducativo, no último dia 29 de março foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE), de nº 4.836, o resultado final da segunda etapa referente ao Curso de Formação Profissional do Concurso.  Porém, os aprovados ressaltam a insatisfação com a demora na finalização do concurso que iniciou ainda em 2014 e continua sem data definida para homologação e posse dos candidatos.

 

Na opinião do presidente da comissão dos aprovados, Marcos Antônio da Silva Júnior, o alto número de contratos no sistema socioeducativo do Tocantins estaria prejudicando o andamento do certame. “A manifestação é uma forma de chamar à atenção do governo para a homologação e posse imediata dos aprovados. Temos mais de 400 aprovados capacitados disponíveis para ocupar o cargo e dar continuidade aos projetos, porém continuamos sem previsão e sem nada concreto”, explicou o presidente.

 

A insegurança sobre as datas do certame ocasionam ainda mais insatisfação aos aprovados. “É válido ressaltar ainda que muitos aprovados pediram demissão do emprego para fazer o curso de formação ocorrido em janeiro que exigia dedicação exclusiva. Foi divulgado que em uma reunião feita pelo Governo que a homologação seria em maio e as posses estariam previstas para os meses de junho e julho, mas para a comissão não foi repassado nada e já estamos na metade do mês de maio. Não temos nada concreto”, informou Marcos Antônio.

A comissão dos aprovados tem buscado apoio juntos com outros órgãos, como o Ministério Público Estadual, Defensoria Pública, Ordem dos Advogados no Tocantins (OAB), Centro de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Cedeca), entre outros.

 

Fonte: T1 Foto: Web

Veja Também

PORTAL MOURANET 2015 - Todos os direitos reservados