Data: 15/05/2017 13:16:36 - Visualizações: 122 Imprimir

ESTADO. Após assalto na Agrotins, PM diz que concurso é aposta para suprir déficit na corporação

Segundo informou a corporação, os preparativos para a abertura de licitação, que vai contratar a empresa para conduzir o certame, estão sendo finalizados

Foto da notícia

A Política Militar do Tocantins se manifestou, em nota à imprensa, sobre o assalto que ocorreu na madrugada de sábado, 13, na Feira de Tecnologia Agropecuária do Tocantins (Agrotins), afirmando que havia patrulhamento de viatura “constante”, após o termino das atividades. A corporação admitiu que há déficit de pessoal, mas disse que a situação está sendo contornada com implemento de novas modalidades de policiamento. Outra aposta para suprir a carência dos profissionais é o concurso público que está em andamento.

Segundo a nota, os preparativos para a abertura de licitação, que vai contratar a empresa para conduzir o certame, estão sendo finalizados. Na semana passada, a Assembleia Legislativa aprovou o projeto de lei que faz o remanejamento de recursos de fundos para a realização do concurso.

Rota não convencional
Em relação a explosão dos caixas eletrônicos na Agrotins, a Polícia Militar garante que foi preparado esquema especial de segurança. Mas de acordo com a pasta, os bandidos teriam escolhido chegar pelo lago, uma rota “não convencional”, para obter êxito em sua atividade criminosa, já que havia "presença da PM nas vias de acesso terrestres".

A Polícia ainda argumentou que a Caixa Econômica Federal, instituição bancária que foi alvo dos criminosos, não teria informado que seria disponibilizado caixa eletrônico no evento, "motivo este, que fundamentou a ação ilícita", diz a nota.

Entenda
No sábado, 13, testemunhas informaram à PM que seis homens armados chegaram pelo lago a bordo de um barco, efetuaram disparos com arma de fogo, fizeram pessoas reféns e explodiram os caixas eletrônicos da Caixa por volta das 3 horas da madrugada. Em seguida, os homens fugiram pelo lago, sentido Sul.

A Polícia Federal foi acionada para realizar perícia no local. As viaturas realizaram diligências por toda a região na tentativa de localizar os bandidos, mas não obteve êxito. A Caixa Econômica não informou a quantia de dinheiro levada.

Confira a íntegra da nota:

“Nota: Explosão de caixas eletrônicos na Agrotins

A Polícia Militar informa que preparou esquema especial de segurança na Feira de Tecnologia Agropecuária do Tocantins - Agrotins, tanto que durante o horário de atividades da Feira mantem policiamento fixo com emprego de efetivo específico. Nos horários em que as atividades cessam, realiza patrulhamento de viatura constantemente.

Percebe-se que o grupo escolheu outro tipo de rota não convencional (lago) para obter êxito em sua atividade criminosa, em virtude da ação presença da PM nas vias de acesso terrestres.

Registram-se, ainda, informações de que a instituição bancária não informou à Polícia Militar que seria disponibilizado caixa eletrônico com numerários, motivo este, que fundamentou a ação ilícita.

O policiamento no Estado do Tocantins continua sendo realizado de forma estratégica e responsável. A questão do déficit de efetivo tem sido contornada parcialmente pelo implemento de novas modalidades de policiamento e otimização do efetivo. Além disso, o concurso público para provimento de vagas para soldados e oficiais está em andamento nos preparativos finais para abertura de licitação para a contratação da empresa que conduzirá o certame.

Ascom PM”

Fonte: CT Foto: Web

Veja Também

PORTAL MOURANET 2015 - Todos os direitos reservados