Data: 23/05/2017 07:58:00 - Visualizações: 215 Imprimir

POLÍTICA. Cláudia Lelis assume comando do PV no Estado e garante apoio do partido ao PMDB

Marcelo Lelis assume cargo na executiva nacional do partido e passa o comando estadual para Cláudia Lelis; vice-governadora reforça apoio ao PMDB, apesar da crise nacional

Foto da notícia

Na manhã desta segunda-feira, 22, dirigentes do Partido Verde (PV) no Tocantins reuniram-se no Hotel Rio Sono, em Palmas, para lançar projetos partidários para 2018 e redefinir o comando estadual da sigla. Na ocasião, o até então presidente estadual do PV, Marcelo Lelis, destacou o crescimento do partido e anunciou que a sigla ficará agora sob o comando da vice-governadora do Estado, Cláudia Lelis, já que ele assumirá um cargo na executiva nacional do partido.

 

“Esse partido cresceu muito nesses 14 anos. Temos 12 prefeitos, logo teremos 13, somado ao prefeito que em breve se elegerá em Taguatinga; 63 vereadores e uma vice-governadora. Vou ocupar agora uma cadeira na nacional do partido e passo esse cargo para Cláudia Lelis, que está comandando o processo político no Estado. Já observamos sua bravura e preparo político. Tenho certeza que ela tem competência  para conduzir com êxito esse partido”, afirmou Marcelo Lelis.

 

Durante seu discurso, Lelis ressaltou a importância da união para o partido ganhar força e eleger nomes em 2018. “Começamos bem pequenos, mas agora o PV já está instituído no Estado inteiro. 2018 se aproxima e vamos disputar uma cadeira na majoritária. Unidos somos mais fortes. Vamos eleger deputados federais e estaduais”, planeja.

 

Apoio político

Em entrevista, a vice-governadora e atual presidente do PV garantiu manter apoio ao PMDB de Marcelo Miranda, mesmo diante da crise que o partido enfrenta, tanto na esfera estadual, com o afastamento da senadora Kátia Abreu, quanto na esfera nacional, com denúncias envolvendo o presidente Michel Temer.

 

“O PV é um partido aliado ao PMDB. Nós estamos juntos com o governador Marcelo Miranda trabalhando por um Tocantins melhor. Nós passamos por dois anos de dificuldades. O país enfrenta muitas dificuldades, mas nós somos brasileiros, não desistimos nunca e vamos continuar firmes trabalhando em prol do povo tocantinense”, garantiu a vice-governadora.

 

Nomes para 2018

Durante a reunião, o arquiteto Walfredo Antunes, que ajudou e planejou a construção de Palmas, apresentou seu nome ao partido para concorrer à vaga no senado pela sigla em 2018. “Isso significa que o partido terá candidato a senador se assim prosseguirem as nossas intenções e negociações. Nesse momento que a política vive, e baseado que nas propostas que nós temos para o Partido Verde, eu entendo que devem surgir nomes para uma nova fase da política no Estado e no Brasil. Pessoas que tenham a biografia limpa, que possam defender as expectativas dos seus eleitores, ao invés de defender as próprias expectativas, como vem acontecendo”, defendeu Antunes.

 

Antunes foi questionado ainda sobre a concorrência de nomes que já estão sendo sondados no meio político para o cargo, mas afirmou que o PV deve apresentar nomes para concorrer. “O Partido Verde não pode se furtar a apresentar nomes para a eleição de 2018, do majoritário ao menor nível. Sustentabilidade não é só plantar árvore e recolher lixo. É também cuidar da saúde das pessoas, da educação, da segurança. E é com essa mensagem que nós vamos nos apresentar a população”, adiantou.

Fonte: T1 Foto: Web

Veja Também

PORTAL MOURANET 2015 - Todos os direitos reservados