Data: 31/05/2017 09:42:15 - Visualizações: 243 Imprimir

ESTADO. Obras de restauração da rodovia TO-222 são retomadas

As obras de restauração do pavimento da rodovia TO-222, contratada pelo Governo do Tocantins por meio do Contrato de Restauração e Manutenção de Rodovias (Crema), na região de Araguaína, foram retomadas. Os trabalhos estavam com suspensão prevista em contrato devido ao período das chuvas.

Foto da notícia

O trecho de Araguaína até o trevo de Babaçulândia já está com os serviços de pavimentação concluído, inclusive com micro revestimento. A restauração do pavimento asfáltico agora se concentra na TO-222, do trevo de entrada para Babaçulândia até o Povoado de Bielândia, no sentido Filadelfia.

Atualmente, os reparos estão sendo realizados nas proximidades de Bielândia com previsão de término do pavimento na próxima semana. Após o pavimento, restarão ser executados os acostamentos, a drenagem e a sinalização vertical e horizontal.

Em outro trecho da TO-222, entre Aragominas e Porto Lemos (divisa com Pará), os trabalhos de recuperação também continuam. Os reparos estão sendo realizados entre o município de Santa Fé do Araguaia e Porto Lemos. A previsão é de que sejam terminadas a limpeza dos acostamentos, a sinalização vertical e horizontal até julho.

TO-424

Já na próxima semana serão retomadas também as obras da Rodovia e TO-424. A construtora prevê liberação das máquinas para retornarem ao trecho de Babaçulândia. Segundo a empresa, o trecho de cerca de 20 quilômetros que falta fazer o pavimento é de solo muito úmido e foi necessário aguardar um período prolongado de estiagem para retomar os serviços.

Investimento

No total, esse contrato contemplará 302,70 quilômetros de rodovias, que terão restabelecidas as condições de trafegabilidade aos usuários. O investimento será de mais de R$ 68,5 milhões e o recurso é proveniente de financiamento com o Banco Mundial (Bird).

O contrato para as obras tem duração de cinco anos. Nos dois primeiros, a empresa contratada executa a recuperação das rodovias previstas no projeto. Nos três últimos, a construtora fica responsável pela manutenção constante dos trechos.

Fonte: Secom Foto: Web

Veja Também

PORTAL MOURANET 2015 - Todos os direitos reservados