Data: 07/06/2017 08:22:59 - Visualizações: 202 Imprimir

TOCANTINÓPOLIS. Projeto de incentivo à leitura sobre tolerância religiosa

As ações foram desenvolvidas focados na formação da consciência crítica dos educandos quanto à intolerância religiosa e o racismo

Foto da notícia

A Escola Paroquial Cristo Rei, localizada em Tocantinópolis, promoveu neste segundo bimestre letivo um trabalho interdisciplinar que fez sucesso entre os estudantes. A proposta inicial era incentivar o hábito da leitura, mas a mobilização da unidade escolar permitiu que os alunos embarcassem em uma viagem no tempo até 1941, por meio da leitura da obra “A Mala de Hana”. Em diversas atividades sobre a II Guerra Mundial e o Holocausto, eles estudaram história, geografia, ciências e aprenderam muito sobre intolerância religiosa e racismo. Com a obra de Karen Levine, os alunos do 6º ano do ensino fundamental conheceram a história real de uma menina judia que sofreu os horrores do Holocausto, ocorrido nos anos do governo nazista de Adolf Hitler, que exterminou cerca de seis milhões de judeus na Alemanha motivado pela crença de que os judeus eram racialmente inferiores à autointitulada “comunidade racial alemã”. Segundo a idealizadora do projeto, professora Gerlane Galvão Medeiros, as ações foram desenvolvidas com a intenção de promover o incentivo à leitura, o aprendizado sobre fatos históricos e formação da consciência crítica dos educandos quanto à intolerância religiosa e o racismo. “A seleção dos livros, trabalhados bimestralmente, busca agradar pela leitura e pela aprendizagem dos conteúdos diversos. A obra a Mala de Hana foi escolhida para que os alunos pudessem se aprofundar nesse tema, que infelizmente ainda é atual, dos conflitos motivados pelo extremismo religioso ou ideologias racistas”, enfatizou Gerlane.

Fonte: T1 Foto: Web

Veja Também

PORTAL MOURANET 2015 - Todos os direitos reservados