Data: 16/03/2020 18:08:28 - Visualizacoes: 1671

POLÍTICA. Bolsonaro lança tese idiota: a de que a China teria lançado o coronavírus para recuperar sua economia

Jair Bolsonaro tem defendido junto a aliados a mais estúpida das teorias da conspiração: a de que a China, economia que mais cresce no mundo e maior parceiro comercial do Brasil, teria lançado o coronavírus, matando mais de 3 mil chineses, para recuperar sua economia, que caiu 13,5% após a epidemia

 

Adepto das teorias da conspiração, Jair Bolsonaro tem defendido provavelmente a tese mais sem sentido a respeito da disseminação da pandemia do coronavírus no mundo. 

 

Segundo o jornalista Tales Faria, colunista do UOL, ele e seus filhos têm dito a aliados que a China, economia que mais cresce no mundo e maior parceiro comercial do Brasil, teria lançado o coronavírus para recuperar sua economia. O vírus matou mais de 3 mil chineses e a economia do país caiu 13,5% após a epidemia. 

 

Eles afirmam que toda vez que a China enfrenta algum problema econômico, surge uma doença que resulta em uma crise global favorecendo a importação de produtos por parte do país asiático.

 

“O presidente brasileiro e seus seguidores apontam que a China, grande compradora de petróleo, já está adquirindo o combustível com preço do barril 30% mais baixo do que antes do aparecimento da doença. E que os chineses estão conseguindo pagar menos por outras commodities, como o nosso minério de ferro e alimentos exportados pelo Brasil. No mundo, os chineses teriam se aproveitado da crise para comprar ações de empresas de tecnologia cujo preço em bolsa desabou a partir da crise do novo coronavírus”, destaca a reportagem. 

 

“Bolsonaro importou da internet a teoria da grande conspiração comunista chinesa que corre solta nas redes sociais de bolsonaristas e terraplanistas. A sugestão é de que as últimas grandes pandemias apareceram, ou se alastraram, por obra e graça do Partido Comunista Chinês”, completa o texto.

 

Em entrevista à CNN na noite deste domingo 16, Bolsonaro chegou a dizer que há algum "interesse econômico" para a "histeria" sobre a pandemia do coronavírus. “Tivemos vírus muito mais graves que não provocaram essa histeria. Certamente tem um interesse econômico nisso. Em 2009 teve um vírus também e não chegou nem perto disso. Mas era o PT no governo aqui e os democratas nos Estados Unidos”, declarou.

Fonte: PORTAL BRASIL 247

Noticias Relacionadas