Data: 14/01/2020 19:05:49 - Visualizações: 105

PARTIDO DOS TRABALHADORES. A pedido de Lula, PT fará encontro e campanha para atrair evangélicos

A nova prioridade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e do Partido dos Trabalhadores é reforçar o diálogo com grupos evangélcios. "Ao longo dos 580 dias em que ficou preso na carceragem da Polícia Federal, em Curitiba, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ficou bastante impressionado com a proliferação de canais de igrejas evangélicas na TV aberta", aponta reportagem da jornalista Malu Delgado, no Valor Econômico. "Assim que foi libertado, o ex-presidente abordou com extrema preocupação, em debates internos do PT, o domínio dos evangélicos sobre as periferias - boa parte deles, hoje, alinhados com o presidente Jair Bolsonaro."

 

Em razão disso, Lula decidiu aproximar seu partido desses grupos.  "Lula pediu que o PT desse rapidamente prosseguimento a uma estratégia, iniciada em 2019, de instaurar núcleos de evangélicos progressistas, ligados ou não ao partido, em todos os 27 Estados do país. Em abril do ano passado, o PT promoveu o primeiro encontro de evangélicos progressistas. Agora, a direção do partido fará um novo encontro, que deve ocorrer em março, em São Paulo, com todos esses núcleos que já foram criados. O PT quer fortalecer o diálogo com pastores de várias regiões. A sigla também prepara uma campanha específica para as redes sociais, com depoimentos de vários pastores que são filiados ou militantes de partidos de esquerda", aponta a reportagem.

 

Segundo informa a jornalista Malu Delgado, o objetivo central, ao disparar mensagens nas redes, é criar antídotos contra fake news que se disseminam entre fiéis evangélicos que ligam os partidos de esquerda ao comunismo, algo “maligno”. Outra intenção é falar dos elos entre caridade e política, e como a esquerda trabalha os conceitos de justiça social, diz ela.

Fonte: PORTAL BRASIL 247 FOTO: REPRODUÇÃO

  • Data do post: 21/01/2020

    Paulo Guedes precisa de bom senso para convencer a comunidade internacional em Davos

    Veja mais

Noticias Relacionadas