Data: 04/03/2020 17:51:18 - Visualizacoes: 935

TOCANTINS. Procon destaca a importância do orçamento financeiro na Semana da Mulher

É cada vez mais comum as mulheres assumirem as despesas de casa e também é considerado ainda o público que mais consome. O Procon, na semana do Dia Internacional da Mulher, comemorado no próximo dia 8 de março, orienta as consumidoras sobre como ter controle das finanças e se planejar de acordo com o orçamento.

 

A assessora administrativa e financeira do órgão de defesa do consumidor, Sandra Costa, explica que é necessário ter uma atenção maior, uma vez que a rotina da mulher na maioria das vezes é composta de excesso de responsabilidades e falta de tempo.

 

“É necessário destacar que a mulher tem que equilibrar o profissional e a vida em família, além dos estudos e tantas outras funções. O que acontece é que muitas mulheres acabam deixando o controle financeiro de lado”, ressalta.

 

O orçamento doméstico é o primeiro passo para o planejamento familiar. Segundo Sandra Costa, anotar todas as despesas é uma maneira de identificar e controlar as despesas da mulher que mora sozinha ou em família. “Saber quanto se ganha e quanto se gasta é fundamental para não ultrapassar a sua renda. Ao contrário do que muitos pensam, um dos gastos mais altos hoje é o doméstico”, afirma.

 

Despesas não contabilizadas

Pequenas despesas não contabilizadas podem ser um dos principais motivos que comprometem o orçamento de muitos consumidores. "É necessário ter controle das despesas fixas e variáveis. A recarga de crédito no celular, lanches diários e até mesmo o combustível usado no mês são alguns gastos que passam despercebidos na hora de fazer o planejamento financeiro”, alerta a assessora.

 

Outro ponto abordado, pela assessora administrativa e financeira, é o dos gastos excessivos com o cartão de crédito, uso do cheque especial e o empréstimo consignado. “Compras com parcelamento em longo prazo e os juros altos também oferecem riscos para o endividamento. Ter consciência que não deve gastar tudo que ganha e não extrapolar o orçamento devem ser prioridade no planejamento financeiro”, pontua.

 

Participação de todos

A participação de todos os membros da família, na hora de fazer o planejamento do orçamento, é outro passo importante, assim como utilizar ferramentas que auxiliem no controle. “Pode ser uma planilha de orçamento, um aplicativo ou até mesmo em um caderno. O controle do orçamento doméstico é um processo contínuo e deve ser revisado e atualizado com frequência”, conclui Sandra Costa.

Fonte: Thaise Marques/Governo do Tocantins

Noticias Relacionadas