Data: 12/01/2020 16:22:23 - Visualizacoes: 891

SISTEMA OPERACIONAL. Suporte da Microsoft para o Windows 7 se encerra no dia 15 de janeiro

O fim do suporte para o sistema operacional Windows 7 está se aproximando – isso acontecerá no próximo dia 15 de janeiro – e  muitos usuários estão ficando com dúvidas sobre o que fazer. Afinal, agora eles têm três dias para decidir se irão atualizar para um sistema mais moderno como o Windows 10 (ou até mesmo o Windows 8.1) ou se continuarão com algo que funciona para eles, mas não terá suporte da Microsoft.

 

Isso significa que a versão 7 do SO deixará de receber atualizações de segurança da Microsoft. Ou seja, isso quer dizer que o Windows 7 será mais vulnerável a ataques. Como aponta o site Lifehacker, porém, trata-se de algo que pode ser facilmente mitigado pelo uso de bom senso por parte do usuário.

 

O que inclui ser mais cuidadoso com a sua cibersegurança em casa, fazendo tudo ao seu alcance para evitar que softwares suspeitos sejam instalados em seu computador. Afinal, ficará mais fácil para hackers encontrarem vulnerabilidades que não será corrigidas por atualizações futuras.

 

Outra opção válida é implementar o uso de alguma variante do Linux, especialmente no caso de computadores para trabalho. Para usar os programas que são estão disponíveis para o Windows 7, então, recomenda-se o uso de uma máquina virtual.

 

Enquanto isso, a Google confirmou que irá atualizar o navegador Google Chrome para Windows 7 até o mês de julho de 2021. O motivo para isso é que a empresa busca atender as firmas que ainda não terminaram a migração do seu sistema operacional. Vale lembrar que as empresas ainda têm a opção de pagar para terem suporte estendido para as atualizações de segurança do Windows 7.

 

Até mesmo os donos de pequenos negócios poderão assinar o serviço de updates extras pelo período de até três anos. Ou seja, para as empresas que realmente desejarem manter o sistema operacional de 2009 da Microsoft em suas máquinas, será possível fazê-lo até janeiro de 2023. As atualizações de segurança do pacote estendido são no mesmo estilo daquelas que a Microsoft já proporciona para os seus usuários domésticos hoje gratuitamente.

 

A assinatura estendida das atualizações de segurança do Windows 7 custam US$ 25 por dispositivo para a versão Windows Enterprise no primeiro ano. Já para quem quiser assinar esse serviço no terceiro ano (2022 a 2023), o preço cobrado pela Microsoft será de US$ 100.

 

Enquanto isso, para a versão Pro do Windows 7, o preço será de US$ 50 por computador no primeiro ano. No terceiro ano, esse valor sobe para US$ 200 por dispositivo.

 

Fonte: MUNDOCONECTADO.COM.BR

Noticias Relacionadas