Data: 01/09/2020 08:40:05 - Visualizacoes: 6490

GOIÁS. Edílson é apresentado pelo Goiás e destaca a estrutura e a organização do clube

Na tarde desta segunda-feira (31), o Goiás apresentou oficialmente o lateral direito Edílson. Experiente, o atleta de 34 anos tem passagens por grandes clubes do futebol brasileiro, como Corinthians, Botafogo, e Grêmio, equipe em que foi campeão da Libertadores em 2017.

 

O jogador foi dispensado do Cruzeiro e assinou com o Goiás até o fim do Campeonato Brasileiro da Série A, em fevereiro de 2021. Edílson falou sobre seus objetivos no clube Esmeraldino.

 

“Estou muito feliz com essa oportunidade, espero que junto com os meus companheiros e com a toda comissão técnica, fazer um bom ano, conquistar os nossos objetivos dentro do clube e dentro do campeonato. Acho que esse é o pensamento de qualquer jogador que veste a camisa de um clube tão grande como a do Goiás, eu chego com esse pensamento”.

 

Após o anuncio de sua contratação, os torcedores esmeraldinos começaram a se manisfestaram nas redes sociais, alguns positivamente e outros de forma negativa. Ao ser questionamento sobre o assunto, Edílson ressaltou que está acostumado com a cobrança.

 

“Nem todo jogador vai agradar a todo mundo, estou feliz com a boa repercussão da minha contratação. Já tem muitos torcedores me chamando nas minhas redes sociais, elogiando a minha decisão de ter vindo para Goiás e quero dizer que esse rótulo de paneleiro não existe. Por todos os lugares por onde eu passei eu sempre fui muito bem recebido e muito bem tratado por toda comissão, por toda a diretoria”.

 

“Podem ligar para o Cruzeiro, para o Grêmio, para saber do meu comportamento, da minha liderança no grupo. Sempre tento fazer o meu melhor, às vezes quando eu falo ou me exponho, é tentando sempre ajudar meus companheiros e tudo que se envolve dentro de um vestiário, em nenhum momento de forma negativa. Todo mundo que se expõe fica mais visado, mas eu sou assim, é meu jeito, não vou me omitir vendo uma coisa ou outra. Então é normal que a cobrança seja um pouco maior, por eu me expor um pouco mais”, explicou.

 

O atleta também ressaltou que o Goiás tem tudo para ser sair da zona de rebaixamento e buscar objetivos maiores dentro da competição.

 

“Precisamos almejar coisas grandes aqui no clube, não podemos nos contentar em brigar do meio da tabela para trás. Temos que pensar da décima posição para cima e buscando coisas grandes. Um clube com essa estrutura e com essa organização tem que pensar sempre grande”.

ESTREIA

Edílson está recuperando o seu condicionamento físico e ainda não tem uma data definida para estrear com a camisa esmeraldina.


“Ainda não estou pronto, eu estava treinando em Porto Alegre, onde é minha residência física. Porém, estamos trabalhando junto com a comissão e o preparador físico para que eles possam me deixar apito o mais rápido possível. Ainda preciso de um pouco de tempo, de um pouco de treinamento. Eu vinha fazendo alguns treinos físicos, mas fazia poucos treinos bola. Temos intensificado com treinos de dois períodos, para que eu possa atuar o mais rápido possível e ajudar meus companheiros”, afirmou.

 

O jogador também destacou que não será fácil conseguir uma vaga entre os onze titulares.

 

“Independente do meu currículo e do meu status aqui no Goiás, eu tenho um respeito muito grande por quem já estava aqui como o Pintado e o Yago. Em todos os clubes que passei, meu intuito sempre foi jogar e dar o meu melhor. É muito difícil eu dizer se vou jogar ou não, mas vou brigar e trabalhar para que isso aconteça, finalizou.

 

Fonte: Matéria publicada do Portal Sagres Online

  • VIDEO DO YOUTUBE

    Data do post: 15/02/2020

    NOTICIAS POLÍTICAS

    Veja mais

Noticias Relacionadas